terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

-

   Há amigos que dizem que minha sinceridade pesa como chumbo. Há amigos que dizem que não devo dizer tudo o que penso. Há amigos que dizem que tenho que ser mais diplomata. Há amigos que dizem que por isso eu acabo fechando algumas portas. Pode ser que esses amigos e amigas estejam certos. Mas talvez as portas que eu feche por conta disso sejam similares às que eu abra. Talvez eu não saiba mais conviver com a hipocrisia.
   Por que a maioria das pessoas que discordam de alguma coisa tende a fazê-lo às escondidas ou atrás do anonimato? Por que as que não concordam, muitas vezes, estampam na cara que não concordam, mas não se abrem para dizer o que sentem ou pensam? Por que poucos assumem posições contrárias porque não aceitam o que está em vigência?
   Vejo o comentário discordante como uma afirmação do pensamento e da expressão do ser, algo que parece estar ficando obsoleto no mundo dos que não querem se comprometer, dos que não querem atritar. Quem foi que disse que viver não é comprar algumas reais ou aparentes brigas? Por que todos precisam pensar - ou simular que pensam - da mesma forma? Por que o mundo tem que ficar assim tão cacete?

5 comentários:

  1. Texto muito bom, realmente nos faz refletir :) Parabééns ^^

    ResponderExcluir
  2. É...sei bem como se sente. Eu também passo por situações semelhantes e penso de forma semelhante á você. Sou muito sincera e isso me faz pensar se é mais um defeito do que uma qualidade nos dias de hoje.

    Bom, estou te seguindo. Se puder, me segue também =).

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante seu pensamento querido.
    acho que uma dose de criticidade é importante e saudável a todos, mas devemos tb ter diplomacia em nossas relações e saber como informar o que discordamos, revoltar-se com o mundo que o cerca pode soar infantil se não for bem formulado.

    adorei o blog.

    ResponderExcluir
  4. As pessoas dão palpites sobre como nos portar, vestir, agir... muitos desses palpites vem de amigos que nos querem bem mas as vees precisamos enfrentar nossa vida e nossos medos, mesmo que aconteça decepções... uma hora a coisa anda!

    Como no meu blog... tô dando a cara a tapa, fazendo uma prova de amor, tive muuuuuuitos palpites mas... se nao der certo, paciencia, eu tentei!

    ResponderExcluir
  5. super legal seu blog

    to seguindo também me segue ai

    http://www.informaropovo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir