sexta-feira, 23 de setembro de 2011

'Uma carta independente'

E saber que além do sexo, vem a intimidade, tão difícil de ser alcançada nos tempos atuais. Tudo é tão superficial, descartável e “intenso”. Já se chegou a morrer de amor, e hoje, não se morre por mais nada. Aliás, antigamente as pessoas conseguiam apreciar o que a vida podia oferecer, tinham pouco tempo de vida, mas sabiam viver; hoje se tem uma vida longa, muito longa, e vive-se pouco. Trabalha-se demais, come-se rápido  demais, troca-se mais rápido ainda de parceiro, enjoa-se muito, tudo numa velocidade gigantesca. E para onde se vai com essa “intensidade”diária?

Sim, essa é uma carta independente. De indagação com o mundo ou com o próprio mundo, por saber que se participa dele também, e com as pessoas em volta; mas também pela independência atual. E isso não quer dizer que não se precise de ninguém, pelo contrário, precisasse e muito diante o mundo de hoje. Mas poucos e bons amigos, ou melhor, talvez mais especificamente em relação a um parceiro essa carta quer anunciar. Os amigos, família, o mundo, fazem parte.

Mas, “àquela” pessoa que cresce mais junto a você, e descobrem assim novos mundos juntos, que aceita, respeita e ama, compreende além do que se vive hoje. Sim à monogamia. Que é muito mais difícil, claro, mas que com certeza te envolve sob diferentes aspectos.

Ter o mundo inteiro nas mãos faz escorrer a oportunidade de se inspirar na criação e recriação de uma única pessoa. Quando se chega nesse ponto é que se descobre que uma pessoa consegue ser um mundo inteiro só para você. E compartilhar se torna muito mais uma história de vida, do que querer abraçar a todos e não conseguir alcançar a si mesmo.

Viva a independência!

13 comentários:

  1. Sim, e mais, a independência que tanto queremos trouxe junto uma falta de aproximação com o outro, por isso a dificuldade do permacenecer junto, da intimidade. E o estar junto com o outro é estar também enfrentando a si mesmo. Capice?

    Esse papo vai longe...

    Podemos pensar também que isso tudo é resultado também da facilidade que a rede de contatos gera, mais pessoas, mais novidades, internet, velocidade..

    ResponderExcluir
  2. Concordo com praticamente tudo. Porém, infelizmente, acho que é algo natural a se acontecer.

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo com o que vc escreveu... Aliás muito bem escrito õ/

    ResponderExcluir
  4. Bom, concordo um pouco com que você falou, e bem falado, escrito...
    http://lollyoliver.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. conforme o tempo passa as pessoas mudam, para pior como vemos, mas não muito diferente do que era antigamente

    http://rocknrollpost.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. curti muito seu blog!

    passa no meu?
    http://particularcraziness.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossaa, parabéns pelo blog, gostei da postura crítica. Seguindo. !

    ResponderExcluir
  8. olá, pediu para entrar em contato...
    ainda não sei mexer nisso. acabei de criar o blog ;p

    ResponderExcluir
  9. Adiciona ai : ideiasdesregradas@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Texto perfeito e muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  11. GOSTEI DO BLOG ,,PARABENS
    JA ESTOU SEGUINDO


    http://1000artemanhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Concordo!
    Tuas palavras foram muito bem usadas, adorei o post e o blog em geral *-*
    Estou te seguindo, se quiser dá uma passadinha lá no meu blog:
    http://refugiopcional.blogspot.com/
    Bom fim de semana, beijos (:

    ResponderExcluir
  13. Texto belíssimo e bem escrito mesmo.
    http://lollyoliver.wordpress.com/

    ResponderExcluir